Você sabe como melhorar seus resultados?

BRUNO ADRIANO

BRUNO ADRIANO

Qualquer comportamento tem como consequência um resultado, seja ele bom ou ruim, de acordo com sua expectativa, acima ou abaixo.

Não importa qual a intenção do seu comportamento, ele sempre irá gerar um resultado. E é exatamente isso que continuará gerando significado e marcando sua vida, além de ser percebido pelas pessoas: o resultado que você irá gerar a partir dos seus comportamentos.

Imagine esses cenários no ambiente Profissional:

1) Seu líder frequentemente te chama pelo nome, reconhece seu trabalho, seu esforço e dedicação nas tarefas que você é responsável, interessa-se por sua história e periodicamente lhe dá feedback e orientações com oportunidades de melhoria de maneira personalizada e positiva.

Reflita: Qual será o resultado obtido a partir desses comportamentos? Se você for líder de equipe, quais resultados obteria com esses comportamentos acima?

2) Seu líder parece esquecer seu nome mesmo convivendo com você há algum tempo, quando tem oportunidade aponta os comportamentos negativos ou errados que você teve e ainda os expõe em público, passa meses e até anos sem ter uma conversa sincera para melhoria de performance, mas quando você faz algo diferente do esperado por ele, imediatamente lhe reprime.

Reflita: Qual será o resultado obtido a partir desses comportamentos? Se você for líder de equipe, quais resultados obteria com esses comportamentos acima?

Em ambos cenários no ambiente profissional, o líder tem papel fundamental e com maior intensidade de influência sobre os resultados da equipe e da empresa.

No cenário 1, a Liderança exercida maximiza o potencial da equipe além de ser um agente transformador de resultados positivos, estimulando a criatividade, motivação, a eficiência e a produtividade de cada membro.

No cenário 2, a maneira como a mensagem é transmitida pelo Líder, desestimula cada liderado. Por mais que a intenção seja de aumento de produtividade, redução de erros e retrabalho e melhoria dos resultados, o comportamento negativo restringe o desempenho de cada membro da equipe antes mesmo de realizarem suas respectivas tarefas.

Esses exemplos acima não só acontecem no ambiente de trabalho. Na sua família, na sua comunidade, no trânsito e em qualquer tipo de relação os seus resultados serão consequência dos seus comportamentos.

E como alterar seus resultados?

Entender de onde se originam seus comportamentos é o primeiro passo para mudar seus resultados. O processo que está antes do seu comportamento é o seu ESTADO EMOCIONAL, conhecido também como seu estado neurofisiológico.

Há estados que habilitam – confiança, amor, força interior, alegria, êxtase – e há os estados paralisantes – confusão, depressão, medo, raiva, ansiedade, frustração, tristeza – que nos deixam sem poder. Todos nós transitamos entre bons e maus estados.

Entender seus estados é a chave para entender as mudanças e conseguir os resultados que deseja. Tony Robbins

Nosso comportamento é o resultado do estado em que estamos. Um estado pode ser definido com a soma de milhões de processos neurológicos acontecendo dentro de nós, ou seja, a soma total de nossa experiência a qualquer tempo, em qualquer momento. A maioria dos nossos estados acontece sem nenhum direcionamento consciente da nossa parte. Eles simplesmente aparecem e o poder de saber lidar com esses sentimentos e emoções fará total diferença nos seus comportamentos e como consequência nos resultados que deseja obter.

A primeira chave para dirigir seu estado e produzir os resultados que deseja na vida é aprender a controlar efetivamente seu cérebro. Se todo comportamento é resultado do estado em que você se encontra, você poderá conseguir diferentes comportamentos e comunicações quando estiver em estados de muitos recursos positivos, o que não acontecerá se estiver em estados pobres de recursos.

O que cria o estado emocional onde estamos? Existem dois componentes principais:

A Representação Interna das nossas experiências ⇒ O que e como você imagina as coisas, assim como o que e como diz coisas para si mesmo sobre a situação do momento.

A nossa Fisiologia ⇒ Tensão muscular, o que comemos, como respiramos, nossa postura, o funcionamento bioquímico e nosso sistema nervoso.

Esses dois fatores, representação interna e fisiologia, estão sempre em interação, para criar o estado em que estamos. E esse estado determinará o tipo de comportamento que será produzido.

Assim para mudar o seu resultado você deverá controlar e dirigir seus comportamentos. Para gerenciar seus comportamentos, deverá controlar e dirigir seus estados emocionais, e, para controlá-los, deverá controlar e, conscientemente, dirigir sua representação interna e sua fisiologia.

A chave para produzir os resultados que deseja, então, é representar coisas para si, de uma maneira e colocá-lo em tal estado de recursos que fique fortalecido para praticar os tipos e qualidades de ação que criem o desejado resultado.

Open chat